Tecnoportas completa 10 anos de crescimento com portifólio completo

Tecnoportas completa 10 anos de crescimento com portifólio completo

Tecnoportas completa 10 anos de crescimento com portifólio completo

 No dia 3 de maio, a equipe Contramarco foi visitar a matriz da Tecnoportas em Arujá (SP). Fomos recebidos por Humberto Barros, do marketing da empresa, que nos levou a conhecer a linha de produção e alguns exemplos do variado portfólio de portas disponíveis. Em seguida, fomos apresentados a Marcos Favaretto, diretor e fundador da Tecnoportas, que nos contou um pouco da trajetória da empresa, que está completando 10 anos de atuação, sendo considerada a maior fábrica de portas de aço automáticas em atividade no Brasil.

Favaretto relembra que a empresa começou em junho de 2007. “Antes, nós fabricávamos galpões com estruturas metálicas sob o nome Tecnometálicas. E para um desses galpões que construímos, o cliente pediu uma porta de enrolar automática.

Na época, eu não tinha noção da dificuldade que era conseguir uma porta desse tipo, mas eu disse ao cliente que iria fazer a porta para ele. Então, comecei a ir atrás de fornecedores para obter perfis, lâminas, guias, soleira, motor, eixo, para poder ter em mãos o kit de montagem da porta”, diz o fundador. “Essa nossa primeira porta instalada tem 12m de largura por 5m altura, e até hoje ela não caiu, está no mesmo lugar, funcionando”, conta, bem-humorado.

Antes da criação da Tecnoportas, o mercado era monopolizado por duas ou três empresas que não atendiam revendas, apenas o consumidor final, e praticavam o preço que queriam, segundo Favaretto. “Quando passei meu orçamento para esse cliente que me pediu a porta, ele achou o preço atrativo e fechou a compra comigo”.

Marcos Favaretto Diretor da Tecnoportas - Portas Automáticas

Marcos Favaretto Diretor da Tecnoportas – Portas Automáticas

 

Esta primeira experiência chamou a atenção do empresário, até então especializado na montagem de galpões metálicos. Incentivado pela possibilidade de abrir uma nova frente de negócios, Favaretto passou a pesquisar os fornecedores de partes e peças para montagem de portas de enrolar. “Descobri um rapaz que fazia somente o perfil das portas. Já as guias laterais eu tive de comprar em outro fornecedor, bem como o eixo, a soleira, enfim cada componente do kit eu fui buscar em um fornecedor diferente”, relembra Favaretto.

O Primeiro Motor

O diretor da Tecnoportas destaca que os primeiros motores ele teve de comprar de um importador chinês, com escritório no centro de São Paulo, capital. “A primeira vez, quando eu cheguei para comprar, o chinês abriu uma janelinha na entrada da empresa dele, olhou para mim e perguntou o que eu queria ali”, conta Favaretto. “Eu disse que queria comprar um motor para porta de enrolar e que estava ali por causa de uma indicação que me deram. ‘Tem dinheiro?’, disse o chinês. ‘Tenho!’, respondi. ‘Mostra o dinheiro’, ele retrucou. E eu tive de mostrar que tinha dinheiro no bolso. Então, ele abriu uma portinha, eu entrei e me sentei diante dele. Daí, ele passou a me perguntar de novo como é que eu cheguei até ele, eu expliquei e ele acabou me vendendo o motor que eu precisava”, descreve Favaretto, salientando que, com o primeiro motor em mãos, montou o kit de automação na porta do cliente. Esse trabalho imprevisto foi um grande incentivo para modificar positivamente os objetivos da empresa.

“Tempos depois, esse cliente me indicou um amigo que também queria uma porta de enrolar automática. E de boca em boca, comecei a atender vários pedidos de portas automáticas. Para resumir, no primeiro mês, vendemos e instalamos oito portas de enrolar automáticas, superando o nosso faturamento com a montagem de galpões”, destaca.

Designer

Antes disso, Favaretto tinha uma empresa de comunicação visual, especializada em luminosos. “Sou designer e esta especialidade sempre me ajudou muito na parte de web design, design gráfico”, ressalta, acrescentando que, atento à nova demanda, mudou o nome da então Tecnometálicas para Tecnoportas. “Montei um site da empresa na internet e coloquei anúncio no Google, na época era bem barato. Quando o internauta digitava ‘porta de enrolar’ no buscador do Google, logo aparecia o nome Tecnoportas. No segundo mês, parei de montar galpões e passei a produzir somente portas, com uma demanda crescente”, relata.

Perfiladeira

Ao perceber que os fornecedores não conseguiam entregar as peças e componentes no volume que precisava, Favaretto comprou sua primeira máquina perfiladeira. “Daí, passei a importar os motores com a marca Tecnomatic, que hoje são motores vendidos para milhares de serralheiros de todo o Brasil”, comenta, entusiasmado. “Acredito que a marca Tecnomatic detém atualmente cerca de 70% do mercado de automatizadores de portas e portões”, salienta.

De lá pra cá, a empresa começou a crescer muito rápido e a ideia de vender kits para serralheiros interessados em montar portas automáticas de enrolar veio um ano depois, em 2008.

“Um serralheiro da Bahia ligou e solicitou um kit sem instalação. Na época, o mercado tinha um monopólio que não vendia direto os componentes para os serralheiros. Então, fornecemos o primeiro kit sem mão de obra de instalação. Depois ele pediu mais um, depois outro. Eu pensei, ‘caramba, isso aí dá certo!’, e passei a anunciar o kit”.

Em pouco tempo, as vendas atingiram mais de 300 portas, das quais 100 portas com instalação e as outras 200 de kit para serralheiros. “Hoje em dia, vendemos mais de 1.000 portas, cerca de 700 são kits para serralheiros”, descreve Favaretto.

Fabrica Tecnoportas Matriz Arujá São Paulo

Fabrica Tecnoportas Matriz Arujá São Paulo

Seccionadas

Em 2013, a Tecnoportas começou a importar dos EUA e Europa portas seccionadas para residências e para indústrias. “A linha comercial e industrial sempre foi mais forte em nosso trabalho”, diz o fundador, acrescentando que em 2015 começou a importar partes e peças para montar no Brasil portas do tipo guilhotina, portas rápidas, de lona, entre outras.

Mesmo no atual período de dificulades na economia e na política, a empresa tem conseguido crescer e planeja ampliar seu raio de abrangência na área de portas.

Na próxima edição, conheça um pouco mais sobre a atuação da Tecnoportas.

Veja Também:

5 mais vistos

Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.

Tecnoportas © 2018. Todos os direitos Reservados.